As sombras: desvendando seus contornos

O G3 A aproveitou um lindo dia de sol para realizar a atividade da dança das sombras. Nela, a turma explorou um espaço aberto e as crianças fizeram vários movimentos observando a sua sombra.

Para deixar a proposta ainda mais expressiva, a profª Ana Lúcia colocou música para que os alunos formassem os passos de dança e observassem melhor como suas sombras eram formadas.

Na proposta, as crianças conseguiram perceber que o contorno das sombras mudava conforme a posição de seus corpos. Assim, desenvolveram a percepção visual, estimularam a imaginação, assim como a expressão corporal e a linguagem oral.

Confira fotos da atividade:

Dança das Sombras - G3 A (abr/2019)
Anúncios

Trabalhar o nome próprio é fundamental no processo de alfabetização

Explorar o nome próprio é uma importante conquista para a criança que está em fase de alfabetização. Trabalhar com o seu próprio nome ajuda o aluno a pensar e aprender como a escrita é organizada.

No G4 do Santo Ivo, diariamente o trabalho com nomes é realizado e o crachá constitui um recurso essencial. No início das aulas, o crachá de prisma, com o nome dos alunos escrito dos dois lados, é muito utilizado nessa nova exploração.

Nesse sentido, a atividade com a cantiga de roda “A Canoa Virou” é sempre interessante. O objetivo é que as crianças dessa faixa etária reconheçam o próprio nome e o de alguns amigos, como também as letras do alfabeto.

Em seguida, é o momento de registro, quando é solicitado aos alunos que representem  a brincadeira com o crachá do prisma.

Essas representações são importantes, porque valorizam e validam uma a uma, discutindo com eles os diferentes recursos que encontraram para escrever seu nome e dos amigos. A atividade ajuda a incentivar e socializar o uso dos crachás, garantindo, assim, a escrita modelo em todas as situações.

Confira fotos do G4 A:

A Canoa Virou - G4 A (mar/2019)

Em atividade lúdica sobre o corpo humano, alunos do G3 trabalham com os pés

Os alunos do G3 B estão aprendendo sobre o corpo humano. Em atividade organizada pela profª Alessandra, com o objetivo de fazê-los reconhecer o próprio corpo, eles trabalharam com os pés.

Em um primeiro momento, as crianças observaram e tocaram o próprio pé e também o do amigo.

Depois, pisaram em baldes com tinta e deixaram suas pegadas no papel. Dessa forma, puderam reconhecer e comparar formas e tamanhos, trabalhar a coordenação motora e o equilíbrio e ainda receber estímulos sensoriais. Eles adoraram!

Confira as fotos:

Pegadas no Papel - G3 B (mar/2019)

Olhe para o céu. Que cores você vê?

“Olhe para o céu. Que cores você vê?” é uma atividade proposta em Arte que proporciona a representação do céu, com a percepção das muitas formas e tonalidades que podemos criar a partir da descoberta que o céu não é apenas azul. Essas diferentes nuances no céu acontecem, entre outros fatores, pelas variações de hora do dia ou por causa do clima.

Em atividade do G4, a profª Dinah propôs, primeiro, que as crianças contemplassem o firmamento e formulassem perguntas relacionadas ao que estavam vendo. O que havia no céu? Que cores poderiam ser observadas? Depois, em sala, os alunos fizeram registros da observação.

Esta etapa foi realizada por uma semana, em diferentes horários da tarde (na chegada, na hora do lanche e na saída).

Em uma segunda fase, foi proposto às famílias que propiciassem a observação à noite, se possível mais de uma vez e em diferentes momentos. Durante a atividade, as crianças deveriam responder que cores poderiam observar no céu. O que era possível ver à noite? Era igual ou diferente do que viam durante a tarde?

Na terceira e última etapa, os alunos compartilharam as suas produções e descobertas com a turma.

Confira as fotos:

Olhe para o céu - G4 (mar/2019)

Desenho com garras explora a criatividade dos alunos do G5

“A criatividade é um potencial inerente ao homem e a realização desse potencial, uma de suas necessidades.” – Faiga Ostrower

É possível produzir trabalhos de arte utilizando variadas técnicas e materiais. Uma delas é o desenho com garras, proposta pelas professoras Mari e Claudia aos alunos do G5 A e B.

Nesta atividade, colorida e divertida, pedaços de giz de cera são presos com fita adesiva nas pontas dos dedos das crianças, que criaram seus traçados de forma livre e criativa, experimentando diferentes posicionamentos com o papel e observando como é desenhar com a mão inteira.

Confira as fotos:

G5 A:

Desenho com garras - G5 A (mar/2019)

 

G5 B:

Desenho com garras - G5 B (mar/2019)

Alunos do G3 trabalham uma série de habilidades no Golfe dos Animais

Em roda de conversa, os alunos do G3 A foram apresentados ao Golfe dos Animais. Neste jogo cooperativo, é importante estabelecer regras e monitorar a brincadeira.

Diferentemente do golfe tradicional, no qual a bola deve cair em buracos, nesta brincadeira o objetivo é que a bola passe embaixo das pernas dos bonecos em forma de animais.

A profª Ana Lúcia explicou que, para jogar, deve-se calcular a força colocada no taco, posicionar-se bem, de forma a ficar o mais perto possível dos bichos. Os movimentos, a noção de distância e a força para fazer o deslocamento da bola devem ser precisos.

Após estabelecer as regras e confeccionar as peças do jogo, a turma foi à quadra para jogar.

Confira fotos da atividade:

Golfe dos animais - G3 A (mar/2019)

Voluntariado arrecada roupas e calçados masculinos e roupas de cama e banho na 1ª Campanha Solidária de 2019

20190308_campanha-solidaria

Até 5 de abril, o Voluntariado do Colégio Santo Ivo arrecada roupas e calçados masculinos e roupas de cama e banho na 1ª Campanha Solidária do ano.

As doações podem ser entregues nas secretarias da Sede e da Unidade II do Santo Ivo e no hall da Educação Infantil.

As peças coletadas serão encaminhadas ao Albergue Zancone e à Casa São José Moscati.

O Albergue Zancone atende cerca de 200 desabrigados. São catadores de material para reciclar, que circulam pela região e que têm no albergue seu jantar, banho e repouso noturno garantidos.

Já a Casa São José auxilia homens acamados, necessitados de cuidado de saúde e higiene recolhidos das rua, que necessitam de acolhimento 24 horas por dia.

O Projeto Voluntariado é realizado pelos alunos dos 8ºs e 9ºs anos e Ensino Médio e conta com a colaboração efetiva de todos os alunos da escola e seus familiares.

Semanalmente, são programadas atividades sociais, visitas a lugares carentes, arrecadação de vários itens de primeira necessidade e é feita a contabilidade de todas as doações recebidas.

Incentivem seus pais, filhos e amigos a ajudarem, já que a solidariedade ameniza os problemas da sociedade, tornando nossa vida muito mais significativa.